Como o compartilhamento está tornando as empresas cada vez mais eficientes

A economia compartilhada já é um tema e uma prática consolidada. Mesmo quem nunca ouviu este termo, já ouviu falar e até já usou um serviço de compartilhamento de carro como o Uber, por exemplo. Desde os primeiros tempos do homo sapiens, compartilhar recursos  gera  prosperidade, e nos dias atuais este verbo ancestral é responsável pela eficiência operacional das empresas.

O que é eficiência operacional

Eficiência operacional é quando os processos e recursos da empresas são usados da melhor forma possível, evitando perdas e desperdícios. Permeia da escolha de parceiros e fornecedores a dimensionamento de estoque e estrutura para realização das funções da empresa. O curioso é que a eficiência operacional não está diretamente ligada a empresa bater as metas. As metas financeiras podem estar sendo atingidas, mas o meio para conquistá-las pode ser mais ou menos eficiente.  Por isso, estar atento aos processos e recursos da operação melhora o resultado final da empresa. E soluções de compartilhamento podem ajudar nesta tarefa.

O que é possível compartilhar

O contexto de negócio nunca esteve tão competitivo. Empreender é cada vez mais comum, e também é uma alternativa ao tempos econômicos mais rigorosos. Neste contexto, compartilhar meios de produção, recursos humanos e espaço físico cria as condições necessárias para crescer com menos risco e com mais foco.

O setor da moda tradicionalmente compartilha as oficinas de costura para produção de suas peças. Na mesma toada, as cervejarias artesanais criam seus rótulos e receitas e usam estruturas compartilhadas para fabricar seus produtos. Estes são exemplos de empresas que usam a mesma estrutura de produção para reduzir custo e ganhar escala.

Compartilhamento de espaço físico

Compartilhar o espaço físico tem se tornado cada vez mais popular e necessário para as empresas. Já é possível encontrar as estruturas de escritórios em formato de coworking em todos os lugares, e as vantagens  vão da redução de despesa até o networking com as demais empresas que ocupam o mesmo ambiente.

Outra forma para as empresas compartilharem espaço físico é o uso de self storage, uma solução de armazenamento nascida dentro das cidades grandes e que tem como principais vantagens a flexibilidade de alugar o espaço necessário pelo tempo precisar.

Apesar de ainda ser pouco conhecido no Brasil, o uso de self storage por empresas tem crescido. A GoodStorage, maior rede de self storage de São Paulo, tem acompanhado o aumento da carteira de clientes neste segmento. Um dos motivos deste crescimento é a estrutura que oferece para que suas unidades sejam literalmente a extensão das empresas: espaço de coworking com café e  wi-fi , o que mantém a produtividade, permite receber e entregar mercadorias e atender aos seus clientes; sistemas de docas para logística urbana, a transportadora pode carregar e descarregar estacionando em frente ao box; além da localização das unidades em 10  pontos estratégicos na cidade.

Compartilhar espaço físico usando uma solução de armazenamento com a GoodStorage garante que as empresas otimizem custos e mantenham os recursos na medida certa de suas necessidades ao longo do tempo. E estes são pilares da eficiência.