Tietê, um rio de várias faces, aborda com lindas imagens e narrativas a história do rio símbolo do Estado de São Paulo, que está aos pés da Nova Unidade Lapa.

 

Livro sobre o rio símbolo de São Paulo conta a história de sua descoberta, seu uso desde os tempos dos Bandeirantes até os dias de hoje, pelo relato dos autores que o percorreram da nascente à foz.

O contraste entre uma água limpa propicia para os esportes náuticos, e a água suja que parece mais de um esgoto a céu aberto, fazem desse livro-reportagem um verdadeira expedição da nascente à foz. O livro Tietê: um rio de várias faces, projeto realizado pela Editora Horizonte e assinado pelos jornalistas Thiago Medaglia (texto) e Valdemir Cunha (fotografia). A busca pelo conhecimento do rio, da sua história, dos seus moradores ribeirinhos, do ambiente natural e da economia regional permeia todo o trabalho.

Com linguagem acessível e recursos literários, o texto final contou com produção digna de uma grande reportagem. A equipe se debruçou durante meses sobre livros, documentos e sites, além das dezenas de entrevistas (com pesquisadores e ribeirinhos) e viagens por toda a extensão do maior rio paulista, que nasce potável na Serra do Mar e, ignorando o Oceano Atlântico, corre para o interior até desembocar no Rio Paraná, na divisa com o Mato Grosso do Sul. Nesse percurso, percorre um total de 1.136 Km.

Clique para ver uma prévia do livro em PDF

No livro, foram abordados vários aspectos. O primeiro capítulo trata da região da nascente, na área do município paulista de Salesópolis. Fala de sua descoberta, nos anos 1950 e de como o Tietê já chega poluído à cidade de São Paulo. Esse tema é aprofundado no capítulo seguinte, que também retoma a relação das pessoas com suas águas na região metropolitana até a década de 1940 e de como ele foi transformado num rio sujo e sem vida.

O terceiro capítulo tem abordagem histórica. Retoma os primórdios da ocupação do território paulista pelas expedições bandeirantes e demonstra a importância do Tietê para a interiorização do Brasil, além de contar os vários momentos das culturas cafeeira e da cana-de-açúcar em São Paulo. Já a construção das usinas hidrelétricas ao longo do rio, seus efeitos para o meio ambiente e para os antigos moradores, são temas dos dois últimos capítulos, que ainda falam dos vários usos econômicos destas águas, tais como a Hidrovia Tietê-Paraná e a irrigação de cultivos agrícolas. O livro revela a relação do rio com o seu entorno, e o preço pago por estar um rio localizado na região mais desenvolvida do país. Um rio não: os vários dentro do Tietê.

 Venha para a GoodStorage Lapa e ganhe esse presente!
Solicite agora seu orçamento

 * Promoção por tempo limitado. Válido somente para Unidade Lapa.